quarta-feira, 30 de novembro de 2011

O dia de Natal

O dia de Natal
Natal,
Em Portugal,
abrimos os presentes,
comemos rabanadas,
vamos à missa do galo
e ficamos contentes.
Enfeitamos a casa
com fitas e bolas,
preparamos a brasa,
para assar o peru
e comer a sua gostosa asa.
Nasce o menino Jesus
deitamo-lo nas palhinhas
à meia-noite,
as crianças ficam deitadinhas.
Chega o Pai Natal,
Carregado de prendas,
anda muito aterefado,
a voar com as renas.

Trabalho coletivo
do 2ºano, turma B
EB Fonte Santa 
 

2 comentários:

Sofia Arcângelo disse...

Parabéns aos poetas! Ficou lindo :)
Beijinhos

Josy disse...

Lindas palavras, lindo poema, o Natal é maravilhoso e foi bem descrito por esse poema. Bjos Parabéns. Josy

Os Amiguinhos da Fonte Santa